Alimentação

Como emagrecer além da dieta alimentar!

As pessoas que buscam emagrecer precisam ter algumas atitudes além de fazer a dieta alimentar. O emagrecimento não depende apenas de controlar a alimentação, precisa unir-se com outros comportamento para poder manter o peso ideal.

Dica

Veja 10 atitudes que vão além da alimentação e que são essenciais para o emagrecimento saudável:

1. Pense a longo prazo
O que importa é a quantidade de peso gradual que irá perder. Trabalhe com a perda de meio a um quilo por semana. Saiba que nas primeiras três semanas a perda de peso é mais rápida devido ter muito líquido sendo eliminado. O emagrecimento tem altos e baixos então não perca a motivação.

2. Tenha atitudes positivas
Pensamento positivo atrai atitudes corretas e estimulantes. Por isso, nada de desânimo ou de pensar que você não consegue. Tudo na vida exige uma postura firme e determinação.

3. Mantenha o foco na meta de peso
Não pense que “fechar a boca” é sinônimo de emagrecimento. O objetivo e alimentar bem e a medida que for perdendo o quilinhos vai controlando o consumo de alimentos, pois a boa escolha alimentar é uma consequência o foco é perder peso.

4. Fuja do estresse e da ansiedade
Saiba controlar os “nervos”, para que não coma alimentos calóricos para substituir o sentimento ruim em um feliz momentâneo, pois quando sair da dieta sentirá culpa o que não será a solução dos problemas. Procure outro formas de relaxar, escutando música, lendo um livro ou assistindo um filme que gosta muito.

5. Assuma a responsabilidade
Procure trabalhar bem a opção de mudança alimentar, siga corretamente as instruções de seu nutricionista, consuma os alimentos na quantidade e horários prescritos e tenha a responsabilidade de não fugir desta meta, pois se você tem o objetivo de perder peso em 8 meses por exemplo, não rompa este compromisso e quando chegar no objetivo é interessante manter a alimentação para não voltar a ganhar peso. E tenha paciência o ideal é a perda gradual.

6. Não se dê desculpas
Se você guarda doces e outras comidas calóricas em casa ou no escritório, dificilmente conseguirá resistir à tentação. Se realmente está comprometida a emagrecer, livre-se destes alimentos. Claro que poderá comer chocolates mas não todos os dias.

7. Se cair, levante-se
Se não resistiu ou exagerou não desanime, pode acontecer, o correto e voltar com a disciplina de antes. Mas não procure recuperar o tempo perdido e se restringir apenas em sucos desintoxicantes e sopas.

8. Prepare-se para experimentar
Em vez de pensar no que você não pode comer, pense no que você pode. Novos sabores, texturas e muitos novos alimentos que não fazem parte da sua rotina alimentar poderão ser provados. O seu paladar será estimulado, testado e você terá novas opções para variar seu cardápio.

9. Informe-se
Quanto mais informações você tiver sobre alimentação saudável, mais saberá diferenciar o que é correto ou não para o seu emagrecimento e saúde. Mas não faça disso seu assunto principal, foque mas não abitole. Assim, controlar a alimentação acontecerá de forma natural. Além disso, evite promessas de emagrecimento muito rápido, pois se não cumprir a meta pode fazer sua autoestima cair e não é isso que deve acontecer.

10. Siga em frente
Mantenha sempre em mente as boas atitudes que não farão você desistir do seu objetivo final.
Siga sua dieta, faça atividade física, tenha momentos de relaxamento e faça coisa que você gosta. Quanto mais certeza tiver de que está colhendo os resultados esperados, mais estimulado ficará para manter uma boa qualidade de vida e de peso por um longo período.

Em Maceió você encontra lojas especializadas em produtos naturais:

Natureza Viva
Rua Machado Lemos, 226 – Ponta Verde
Telefone: (82) 3357-8001

Viva
Avenida Pio XII esquina com Rady Gusmão, 488 C – Jatiúca
Telefone: (82) 3313-9005 ou 3313-9003

Espaço Vida Saudável
Avenida Doutor Antônio – Gomes de Barros
Telefone: (82) 8839-6625


Alguns cuidados com a alimentação podem salvar seu carnaval

O Carnaval é quase uma maratona, e para curtir os blocos de rua, correr atrás do trio elétrico ou desfilar nas escolas de samba é necessário tomar muito cuidado com a alimentação para não deixar a disposição cair.
Segue algumas dicas para curtir a folia sem preocupação:

1- Alimente-se a cada três horas com pequenas porções, tendo várias refeições no dia;

alimentação-3

2- Consuma frutas, verduras e legumes. Pois, eles são alimentos ricos em vitaminas e minerais que repõem os principais nutrientes perdidos com o suor e com o desgaste físico;

3- Evite ingerir alimentos de origem duvidosa e em locais com pouca higiene, para não sofrer depois com as doenças gastrointestinais;

4- Não deixe de fazer sua higiene pessoal, lave sempre as mãos antes e depois de comer e quando usar o sanitário;

5- Aumente seu consumo de líquidos, com água, sucos, água de coco e bebidas isotônicas, para evitar a desidratação;

Imagem42

6- Abuse dos carboidratos como: batata, arroz (branco ou integral) e massas com pouco molho e etc;

7- Evite refeições pesadas com: molhos cremosos, carnes e queijos gordurosos, pois estes, devido a gordura dificultam a digestão, dando a sensação de peso no estômago e aquela preguicinha ;)

8- Durma de 6 a 8 horas ao dia, para se recuperar da folia.

sono

Siga essas dicas básicas e aproveite a folia!


Aproveite o verão para melhorar a sua alimentação

Pode prestar atenção: o verão está quase aí e todo mundo fica preocupado em iniciar (ou manter) uma alimentação mais balanceada, saudável e até refrescante. A ideia é exibir saúde e boa forma.

verao-ok

Então preparamos um material com informações importantes e dicas para melhorar a qualidade dos alimentos e das bebidas que ingerimos.
Acredite: comer bem é fácil e o resultado pode ser notado por todos à sua volta.
Então vamos lá: descubra uma atividade física agradável para perder calorias e siga as recomendações que sempre são bem vindas.

1 – Estabeleça uma rotina na alimentação

- Não esqueça de manter adequada a ingestão de água (cerca e 2 litros/dia) para uma boa hidratação do corpo e um bom funcionamento intestinal
- Tenha horários regulares e não esqueça de fracionar as refeições em porções menores
- Abuse das saladas (folhas, frutas e legumes)
- Prefira assados, grelhados e cozidos ao invés de frituras e empanados
- Evite doces e guloseimas
- Prepare os sanduíches sem maionese, molhos cremosos ou queijos gordurosos
- Substitua o sorvete cremoso por picolé de frutas
- Abuse das frutas, que são uma boa opção durante o intervalo das refeições principais
- Dê preferência ao óleo de girassol ou de canola e, para o tempero de saladas, utilize azeite de oliva extravirgem
- Inclua na alimentação diária alimentos ricos em fibras, como milho, aveia, feijão e outras leguminosas (ervilha, lentilha, grão de bico), palmito, ameixa seca, frutas na forma natural, verduras e legumes

verao-1-ok

2 – Hidratação
Com a chegada do verão e o aumento da temperatura, nosso corpo perde mais líquido – por meio do suor – e nossa necessidade de repor água, vitaminas e sais é bem maior.
Principalmente nessa época do ano, devemos aumentar a ingestão de líquidos, evitando tomar água apenas quando estivermos com sede. A sede já é um sinal de que o nosso corpo está desidratado e, possivelmente, com o funcionamento das células e dos órgãos prejudicado.
Alguns alimentos precisam aparecer em maiores quantidades e frequência no verão – como frutas, legumes e verduras, pois são ótimas fontes de vitaminas, minerais e fibras alimentares.
Frutas, assim como verduras, possuem maior quantidade de água, são mais refrescantes e fáceis de ser digeridas. As mais indicadas são: abacaxi, melão, melancia, laranja, pêssego, uva e coco verde, em razão do alto teor de líquidos.
Além de água, também podemos tomar chás e sucos. Vale lembrar que os sucos são ótimas fontes de vitaminas e minerais, porém alguns são altamente calóricos. Então, o ideal é não acrescentar açúcar. Em relação aos chás, prefira os claros, que são mais hidratantes.

3 – Saladas

Aumente o consumo de saladas cruas – ótimas fontes de vitaminas e fibras – e evite acrescentar produtos como maionese, queijos cremosos e molhos industrializados, devido ao alto valor calórico e à quantidade de gordura que apresentam. O ideal é que estes molhos sejam substituídos por limão, azeite de oliva extravirgem e ervas, como manjericão, hortelã e alecrim.

4 – Comida de praia

O melhor é evitar o consumo de alimentos vendidos por ambulantes. Eles geralmente apresentam condições higiênico-sanitárias inadequadas e estão em má conservação, levando à contaminação por bactérias.
Alimentos como pastel, outros salgados e frituras apresentam em sua composição gordura, sal e carboidratos refinados que são prejudiciais à saúde. O ideal é levar de casa frutas de fácil manuseio e pouca manipulação, como banana, pêra, pêssego, ameixa e maçã (em utensílios que mantenham uma temperatura adequada).
Biscoitos de polvilho também são uma boa opção e água é fundamental. Se preferir comprar algo na praia, escolha o coco verde. Ele ainda é “a melhor pedida”.
Sucos também são bons, por serem fontes de vitaminas e minerais, além de bem refrescantes e ótimos para hidratação.

E no mais, aproveite o Verão!