7 dicas para levar crianças à praia

Criança na praia dá trabalho e exige alguns sacrifícios. Isso inclui transportar infra-estrutura mínima para o pimpolho e levantar acampamento quando o sol estiver a pino.

cute-little-girls-ok

Dica 1 : Bebês podem tomar de 20 a 30 minutos de sol diariamente; depois, coloque-o sob o guarda-sol. Evite os horários entre as 10h e às 16h.
Dica 2: Aplique bloqueador solar (fator 30) antes de sair de casa e reaplique a cada duas horas, mesmo sob o guarda-sol. Os raios solares refletidos na areia podem provocar queimaduras.
Dica 3: Todo cuidado com a desidratação. Para crianças com até 2 anos, é melhor dar água sempre. Acima disso, estão liberados sucos e água de coco.
Dica 4: Amamente normalmente. Se o bebê ainda usar mamadeira, conserve em isopor e confira antes se o calor não azedou o leite.
Dica 5: Não deixe a criança em contato com a areia em praias muito cheias ou que tenham cachorros. Há perigo de doenças dermatológicas.
Dica 6: Leve pequenas piscinas de plástico inflável e, se possível, encha com água doce. Só use água do mar se a condição da praia for boa.
Dica 7: Respeite o sono da criança. Se quiser esticar por mais tempo a permanência na praia, prepare uma “caminha” de areia e forre com toalha seca. Acomode a criança e cubra-a com uma toalha leve para proteger do vento. O mesmo arranjo pode ser feito na piscina seca.

Crianças-na-praia

Olho vivo é pouco: crianças que andam precisam estar identificadas, caso se percam. O ideal são aquelas pulseiras que só saem do pulso se cortadas (procure em lojas que vendem maiôs infantis; algumas praias distribuem gratuitamente).

Fonte: Revista da Folha